segunda-feira, 16 de agosto de 2010

O mundo sem engenheiros

Sem engenheiro civil



Sem engenheiro aeronáutico
Sem engenheiro da computação
Sem engenheiro da comunicação
Sem engenheiro "eletrônico"
Sem engenheiro mecânico

terça-feira, 10 de agosto de 2010

Tente não rir, se for capaz!


Imagine a cena...

O pirralho estava brincando pelo apartamento com um destes balõezinhos de festa de aniversário. Chutava prá cá, chutava prá lá, até que o balão acabou entrando no banheiro e foi cair justamente dentro da privada. Ele chegou, espiou a bola molhada, ficou com nojo e deixou a danada ali mesmo. Pouco tempo depois seu pai entrou para se "desocupar" e nem notou a bola. Ficou ali, lendo, enquanto fazia o serviço. Ao terminar, olhou horrorizado para o vaso sanitário. Suas fezes haviam coberto o balão e a impressão que se tinha era de um imenso, um absurdo, um gigantesco bolo fecal! Sem acreditar naquilo, ligou dali mesmo, pelo celular, para o seu amigo que era médico:

- Genaldo, eu enchi a privada de bosta.. Nunca vi tanta merda assim na minha vida! Tá quase passando do limite do vaso! Acho que eu devo estar com um algum problema sério!
- Que é isso, Astrolábio, você está exagerando!
- Que exagerando, o quê, meu!!! Eu tô olhando pra esse 'merdel' todo agora! É um absurdo! Eu devo estar doente!!!
- Bom, eu já tava indo pra casa e aproveito passo aí que é caminho! O médico chega e vai direto ao encontro do amigo, que estava na porta do banheiro esperando.
- Olá, Astrolábio, cadê o negócio que vo... NOSSA MÃE DO CÉU!!! O QUE É ISSO??? O QUE FOI QUE VOCÊ COMEU, CRIATURA???
- Não falei?! Agora tá acreditando, né?!
- Nossa! Isso é inacreditável!
- E então, será que eu tenho algum problema sério?!
- Olha, o melhor é eu pegar uma amostra desse cocozão e mandar para análise!

O médico saca uma pequena espátula e um frasco esterilizado de sua maleta e quando espeta o 'bolo' para coletar uma amostra do material...,
BUMMM!!! A bexiga estoura e voa merda pra tudo que é lado!
Seguem-se instantes de absoluto silêncio.
Os dois, embosteados, se olham e, estupefato, o médico berra:

- P...ta que o pariu!!!! Eu achava que já tinha visto de tudo nesta vida, mas peido com casca, nunca!!!

E-mail bosteado por Ricardo Pacheco.

sábado, 7 de agosto de 2010

Joelmir Beting merece o OSCAR!


Se beber não dirija. Nem governe.
Até aqui, em 40 meses de governo, o presidente Lula já cometeu 102 viagens ao mundo. Ou mais de duas por mês, tal como semana sim, semana não. Sem contar, ora pois, as até aqui, 283 viagens pelo Brasil... Hoje, dia 15, ele completa 382 dias fora do país desde a posse. E pelo Brasil, no mesmo período, 602 dias fora de Brasília. Total da itinerância presidencial, caso único no mundo e na História: Exatos 984 dias fora do Palácio, em exatos 1.201 dias de presidência. Equivale a 81,9% do seu mandato fora do seu gabinete. Esta é a defesa da tese de que ele não sabia e nem sabe de nada do que acontece no Palácio do Planalto. Governar ou despachar, nem pensar. A ordem é circular. A qualquer pretexto. E sendo aqui deselegante, digo que o presidente não é (nem nunca foi) chegado ao batente, ao despacho, ao expediente. Jamais poderá mourejar no gabinete, dez horas por dia, um simpático mandatário que tem na biografia o nunca ter se sentado à mesa nem para estudar, que dirá para trabalhar. SEM CONTAR AS DESPESAS: FHC, EM 8 ANOS DE GOVERNO, GASTOU R$ 58 MILHÕES, CRITICADOS PELO PT. LULA ATÉ AGORA, EM MENOS DE 7 ANOS, GASTOU R$ 584 MILHÕES! E SÓ AS IDENTIFICADAS PELA IMPRENSA. E o povão ainda aplaude e vota!


O Viajante
Texto de Joelmir Beting